Estrela de Ronaldo brilha outra vez, e Corinthians elimina o Atlético-PR

O sonho do Corinthians em voltar à Taça Libertadores no ano de seu centenário
pelo caminho mais curto continua vivo. Três dias depois de conquistar o
Campeonato Paulista, o Timão superou a ressaca usando a genialidade de Ronaldo.
Com dois gols do Fenômeno no segundo tempo, o Alvinegro venceu o Atlético-PR por
2 a 0, nesta quarta-feira, no Pacaembu, e avançou na Copa do Brasil. Agora, o
clube paulista espera pelo vencedor do duelo entre Fluminense e Goiás. O
primeiro confronto pelas quartas-de-final está marcado para a próxima
quarta-feira, ainda sem local determinado pela Confederação Brasileira de
Futebol (CBF).

No confronto de ida, na Arena da Baixada, em Curitiba, o Furacão venceu por 3 a
2 e jogava por um simples empate em São Paulo para se classificar. No entanto,
Ronaldo voltou a ser decisivo. Nas duas jogadas que teve espaço, mostrou o velho
oportunismo e garantiu a classificação.

O Corinthians volta a jogar no próximo domingo, quando estreia no Campeonato
Brasileiro, contra o Internacional, às 16h, novamente no Pacaembu. No mesmo dia
e horário, o Atlético-PR recebe o Vitória, na Arena da Baixada.

Fique por dentro:


Tabela da Copa do Brasil 2009 – Oitavas-de-finais



Tabela da Copa do Brasil 2009 – Quartas-de-finais

Timão perde chances, e Furacão carimba a trave

Empurrado por um Pacaembu lotado, o Corinthians bem que tentou encurralar o
Atlético-PR nos primeiros minutos de jogo. Mas, desta vez, o esquema com três
atacantes (Jorge Henrique, Ronaldo e Dentinho) não funcionou como de costume.
Recuado, o Furacão se fechou com cinco jogadores na defesa, embolou o
meio-de-campo e prejudicou a ida da bola até Ronaldo e sua trupe.

Com Douglas oscilando novamente e sem espaço para criar, o Timão só conseguiu
chegar ao gol de Galatto em chutes sem perigo de André Santos, aos oito, e
Cristian, aos 17. Já o adversário apostou na velocidade de Marcinho e Wallyson,
sobretudo pelo lado direito, nas costas de André Santos.

Quando abriram o ferrolho o rubro-negro, os paulistas construíram duas grandes
chances. Aos 28, Jorge Henrique recebeu cruzamento de Boquita, ganhou a dividida
com Galatto na pequena área, mas, com o gol vazio, chutou para fora. Dois
minutos mais tarde, André Santos invadiu a área após passe de Douglas e, cara a
cara, chutou em cima do goleiro.

A resposta do Atlético-PR veio aos 35. Alessandro errou passe na saída de bola e
a entregou de presente para Márcio Azevedo. De três dedos, o lateral fez ótimo
lançamento para Wallyson nas costas da zaga. O atacante invadiu a área e chutou
forte. Com um leve toque, Felipe espalmou, a bola tocou na trave direita e a
zaga afastou. Marcinho, aos 42, ainda cobrou falta perigosa por cima.

Ronaldo marca duas vezes e classifica o Corinthians

Sob os gritos de ‘raça, Timão, você é tradição’, o Corinthians voltou mais veloz
para o segundo tempo. Entretanto, a exposição defensiva quase custou caro. Aos
nove minutos, Rafael Moura avançou pela esquerda e cruzou rasteiro. Sem
marcação, Wallyson apareceu em velocidade na área e chutou por cima, perdendo
grande chance.

No lance seguinte, aos dez, Ronaldo mostrou mais uma vez sua genialidade. Na
primeira bola em condições que recebeu na área, girou sobre a marcação e, com um
chute seco, acertou o canto direito de Galatto. Delírio da Fiel no Pacaembu: 1 a
0!.

Aos 23, o Corinthians fez o segundo, novamente com o craque. Ele recebeu passe
na área, tentou driblar de letra dois adversários e caiu na área. Pênalti
duvidoso marcado pelo árbitro Leandro Pedro Vuaden. Com paradinha, o camisa 9
deslocou Galatto e só rolou a bola no canto esquerdo para ampliar.

A partir disso, o Corinthians começou a administrar o resultado, enquanto o
Atlético-PR entrou em desespero. O técnico Geninho ainda tentou a reação com as
entradas de Jorge Preá e Júlio César, mas o Furacão não teve forças para
descontar. Melhor para a Fiel, que, ainda em ritmo de festa, fez até “ola” para
comemorar a vaga nas quartas.

Ficha técnica:


CORINTHIANS 2×0 ATLÉTICO-PR
Felipe; Alessandro,
Chicão, Diego e André Santos (Wellington Saci); Cristian, Boquita e
Douglas (Douglas); Jorge Henrique, Ronaldo e Dentinho (Morais).
Gallato; Gustavo (Renan), Rhodolfo e
Antônio Carlos; Raul, Chico, Jairo (Júlio César), Marcinho e Márcio
Azevedo; Wallyson (Jorge Preá) e Rafael Moura.
Técnico: Mano Menezes. Técnico: Geninho
Gols:
Ronaldo, aos dez e aos 23 minutos do segundo tempo.
Cartões
amarelos:
Jorge Henrique, Diego, Cristian; Rhodolfo, Gustavo,
Raul (Atlético-PR)
Estádio:
Pacaembu. Data: 06/05/2009. Árbitro:
Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS). Auxiliares: Paulo
Ricardo Silva Conceição (RS) e José Antonio Chaves Franco Filho (RS).
Público: 32.252 pagantes. Renda: R$
1.049.854,00
Você pode deixar uma resposta, ou Rastrear a partir de seu próprio site.

Sem Respostas para “Estrela de Ronaldo brilha outra vez, e Corinthians elimina o Atlético-PR”

  1. barros disse:

    tudo isso q ronaldo esta fazendo no corinthians e bom p calar a boca de muita gente principalmente da imprenssa q tentou de todas as formas acabar com a imagem dele como bom jogador dizendo q o cara era pegador de viado, gordo e etc…

Deixe uma resposta

Google+
Powered by WordPress | Designed by: Premium Themes. | Thanks to Juicers, Free WP Themes and
Shares
http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/fb.png http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/INT.png http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/sch-2.png http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/tw.png http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/you.png