Vigilante é executado com quatro tiros dentro de escola na Serra

f1477423afafc Vigilante é executado com quatro tiros dentro de escola na Serra

Um vigilante  foi assassinado dentro de uma escola na Serra na manhã desta segunda-feira (29). Mas, por sorte, como é feriado no município, a unidade estava fechada e não havia alunos no local. As imagens das câmeras de segurança já estão com a polícia. O crime aconteceu por volta das 7h30. Dois homens armados chegaram à Escola de Ensino Fundamental e Médio (EEEF) do bairro Campinho e chamaram a vítima.

O rapaz abriu o portão e ainda dentro da unidade foi alvejado. Como na Serra é feriado de São Pedro, a escola estava sem aulas. Os bandidos não roubaram nada. O vigilante trabalhava em uma empresa que presta serviços de segurança à escola.

1CMP Vigilante é executado com quatro tiros dentro de escola na Serra
Foto: Reprodução TV Vitória
eafc11d91ced2 Vigilante é executado com quatro tiros dentro de escola na Serra

A vítima foi identificada como Anderson Fernandes Campos e trabalhava há apenas 20 dias na escola. Ele foi morto com quatro tiros, três na nuca e um nas costas. Segundo o secretário Estadual de Educação, Haroldo Correa Rocha, há sete anos não havia registro de violência naquele colégio.

A Secretaria Estadual de Educação disse, por meio de assessoria de imprensa, que a unidade faz parte do plano de segurança escolar e conta com câmeras e segurança terceirizada. A equipe de reportagem da Rede Vitória entrou em contato com gerência da empresa responsável pela segurança do local, mas até o momento não tivemos retorno. Já o delegado responsável pelo caso disse que as investigações estão em andamento, mas não revelou se possui informações sobre o que teria motivado o crime.

 Vigilante é executado com quatro tiros dentro de escola na Serra
Você pode deixar uma resposta, ou Rastrear a partir de seu próprio site.

Sem Respostas para “Vigilante é executado com quatro tiros dentro de escola na Serra”

  1. claudio disse:

    vai saber o que este vt estava aprontando!!! q DEUS o tenha.

  2. Otto disse:

    Do jeito que a coisa anda, amanhã pode ser um de nós. As empresas não estão nem aí para esses crimes contra seus vigilantes. Se nós, vigilantes, não fizermos nada, muito menos eles farão alguma coisa. Se esperarmos só pelo sindicato, tão cedo sairemos da estaca zero; Precisamos, sim, de uma manifestação geral, mas tem que ter a participação de quase toda a massa, do contrário, jamais pararemos de choramingar. Eu pretendo, com fé em Deus, mudar de profissão, mas, até lá, tenho que aguentar essa discrepância com a nossa profissão.

Deixe uma resposta

Google+
Powered by WordPress | Designed by: Premium Themes. | Thanks to Juicers, Free WP Themes and
Shares
http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/fb.png http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/INT.png http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/sch-2.png http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/tw.png http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/you.png