Vigilante é executado por policial em Cariacica

O vigilante Paulo Nunes Coelho, 41 anos, foi assassinado na porta de casa na noite deste sábado (21) no bairro Tucum, em Cariacica. Ele levou um tiro no abdômen.

11f6c8ff96f00 Vigilante é executado por policial em Cariacica
A esposa da vítima, Edna Ribeiro, ficou chocada com tudo o que aconteceu

Um cabo da Polícia Militar é acusado de matar um vigilante durante uma confusão no bairro Tucum, em Cariacica, na noite deste sábado (21). Paulo Nunes Coelho, de 40 anos, foi assassinado com um tiro. Ele chegou a ser socorrido, mas faleceu no Hospital São Lucas, em Vitória.

1CMP Vigilante é executado por policial em Cariacica

A esposa da vítima, Edna Ribeiro Nunes, ficou chocada com o que aconteceu. Ela chegou a ver parte do conflito do marido com os vizinhos. “Quando larguei o livro e corri, já tinham dado um disparo. Quando cheguei lá, ele já estava esticada no chão. Ele não estava com faca, ela que agrediu ele. A vassoura estava quebrada e ele estava no meu portão. Ele não foi no portão dela para agredi-la. Ela foi quem me agrediu verbalmente, sem eu fazer nada com ela. Eu pedia socorro por que o meu marido estava morrendo e eles não prestaram socorro. Ele simplesmente subiu o moro com a arma na mão”, lamentou.

Foto: Reprodução TV Vitória
860e4abf00c15 Vigilante é executado por policial em Cariacica
O vigilante Paulo Nunes Coelho, de 40 anos, foi assassinado com um tiro

A mulher do policial deu outra versão para o fato. Segundo ela, a vítima a ofendeu quando trancou o portão de casa e ele estaria com uma faca. Foi aí que o militar teria atirado. Na ocorrência, consta ainda que o acusado não estava no local e deve se apresentar na delegacia nesta segunda-feira (23).

“Já tinha avisado os vizinhos que o meu marido passava por problemas psiquiátricos há um ano. Ele agredia as pessoas verbalmente. Falava palavras que às vezes agrediram alguns vizinhos. Nós já tínhamos conversado com eles e explicado essa situação. Já tinha falado, inclusive, com esse policial. Pedi que ele fosse compreensivo por que meu marido estava tomando remédios fortes para os problemas mentais”, desabafou ainda a esposa do vigilante.

A assessoria de comunicação da Polícia Militar informou que a corregedoria da corporação vai apurar o caso.

 Vigilante é executado por policial em Cariacica
Você pode deixar uma resposta, ou Rastrear a partir de seu próprio site.

Deixe uma resposta

Google+
Powered by WordPress | Designed by: Premium Themes. | Thanks to Juicers, Free WP Themes and
Shares
http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/fb.png http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/INT.png http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/sch-2.png http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/tw.png http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/you.png