Consórcio português lança primeiro robô vigilante em 2012

robocop news Consórcio português lança primeiro robô vigilante em 2012

Um consórcio português pretende lançar no mercado em 2012 os primeiros robôs vigilantes “inteligentes” do Mundo, anunciou hoje o Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores do Porto (Inesc Porto).

“Robvigil é o nome do projeto que arrancou em fevereiro pela mão de um consórcio de 1,2 milhões euros composto inteiramente por empresas portuguesas, mas dirigido ao mercado internacional e cujo objetivo é criar os primeiros robôs vigilantes ‘inteligentes’ do Mundo”, refere o Inesc Porto, em comunicado.

1CMP Consórcio português lança primeiro robô vigilante em 2012

Além do Inesc Porto, integram o consórcio a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e as empresas Clever House – Sistemas Inteligentes, Strong Segurança e Sinepower Consultoria.

“Dotados de uma capacidade de visão de 360 graus, estes robôs vigilantes deverão também conseguir detetar gases, incêndios, fumo e água no chão, e comunicar através de tele e videoconferência, quer com outros robôs quer com humanos”, salienta o instituto.

O Inesc Porto realça que a “capacidade de trabalho em equipa e visão omnidirecional são alguns dos principais elementos diferenciadores do projeto Robvigil, dado que os futuros robôs vigilantes estarão preparados para cooperar entre si e com pessoas para a prossecução de um objetivo”.

“Pretende-se que estes robôs ‘inteligentes’ simplifiquem as tarefas humanas, uma vez que podem ser teleguiados em tempo real através de controlo remoto, inaugurando um novo paradigma de cooperação homem/máquina”, lê-se no comunicado.

Segundo o Inesc Porto, “a chegada destes robôs vigilantes ‘inteligentes’ promete igualmente reduzir os riscos humanos inerentes ao sector da vigilância, dado que as tarefas potencialmente mais perigosas passam a ser asseguradas pelo robô: seguir e cercar pessoas, atravessar locais perigosos (com gás, chamas, etc.)”.

Na base deste projeto estão “tecnologias já testadas anteriormente com sucesso em projetos da FEUP e INESC Porto e que podem agora ser devidamente exploradas no mercado com os recentes avanços e a aposta nas RNG – Redes de Nova Geração”.

O projeto é co-financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (Feder).

 Consórcio português lança primeiro robô vigilante em 2012
Você pode deixar uma resposta, ou Rastrear a partir de seu próprio site.

Deixe uma resposta

Google+
Powered by WordPress | Designed by: Premium Themes. | Thanks to Juicers, Free WP Themes and
Shares
http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/fb.png http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/INT.png http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/sch-2.png http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/tw.png http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/you.png