Polícia prende vigilante que simulou roubo de armas de empresa de segurança privada

7330dadab5825a2a94a5335985f23a81 Polícia prende vigilante que simulou roubo de armas de empresa de segurança privada

O Vigilante trabalhava como vigilante que simulou ter sido assaltado para roubar três armas de uma empresa local

1CMP Polícia prende vigilante que simulou roubo de armas de empresa de segurança privada

Por volta das 19h30 desta quinta-feira (14), agentes da delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec), de Erechim, prenderam preventivamente um homem de 28 anos, cujo nome não foi divulgado, contra o qual havia um mandado de prisão preventiva expedido pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Erechim.

b843bd8db0ec18880ba73c61ccb0986a Polícia prende vigilante que simulou roubo de armas de empresa de segurança privada

Conforme a Defrec, o preso trabalhava como vigilante para uma empresa de segurança no município de Erechim. No dia 15/04/2015, J.P. procurou a Polícia Civil e registrou uma ocorrência policial se dizendo vítima de um roubo, ocorrido naquela data, em seu local de trabalho, a estação de tratamento de água da Aurora de Erechim, sendo que, na ocasião, conforme a versão por ele apresentada, os autores do crime, teriam levado três revólveres e dois coletes balísticos pertencentes à empresa de segurança que trabalhava.

No registro, afirmou ter sido abordado e rendido no local em que prestava seus serviços de vigilante, por dois indivíduos armados e que, na sequência, subtraíram as armas de fogo e os coletes.

No curso da investigação, a Defrec conseguiu descobrir e comprovar que, na verdade, o vigilante J.P. simulou o roubo, ou seja, forjou o crime, efetuando um registro policial de um delito que jamais ocorreu, pois, segundo a apuração, foi o próprio J.P. que furtou os objetos da empresa de segurança e depois registrou uma falsa comunicação de crime na Delegacia.

Ainda durante a investigação, no dia 26/04/2015, a Polícia conseguiu recuperar um colete balístico em poder de D.K.R., o qual foi preso em flagrante, naquela data, por receptação. Apesar das duas prisões realizadas pela Defrec, as investigações prosseguem objetivando encontrar os demais objetos furtados e identificar, eventualmente, novos envolvidos no crime.

De acordo com o delegado Gustavo Ceccon, titular da Defrec, o criminoso tentou induzir a Polícia e o Poder Judiciário em erro, simulando um assalto para confundir e direcionar a investigação para outros rumos com o fim de que não fosse descoberto o que realmente ocorreu no caso: “Não deu certo e hoje ele está preso”, destacou Ceccon.

Após os trâmites burocráticos realizados na Delegacia de Polícia, J.P. foi conduzido ao Presídio Estadual de Erechim onde se encontra à disposição da Justiça.

 Polícia prende vigilante que simulou roubo de armas de empresa de segurança privada
Você pode deixar uma resposta, ou Rastrear a partir de seu próprio site.

Deixe uma resposta

Google+
Powered by WordPress | Designed by: Premium Themes. | Thanks to Juicers, Free WP Themes and
Shares
http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/fb.png http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/INT.png http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/sch-2.png http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/tw.png http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/you.png