No Piauí já existem dois vigilantes particulares para cada Policial Militar

hqdefault No Piauí já existem dois vigilantes particulares para cada Policial Militar

Já existem, no Piauí, dois vigilantes particulares para cada policial militar.

O pequeno efetivo da polícia fez crescer o de vigias. As empresas passaram a contratar seguranças particulares, mas nem mesmo os vigilantes se sentem seguros.Segundo a Polícia Federal, no Piauí são quase 33 mil vigilantes aptos a atuarem, 10.200 estão na ativa e o número está crescendo porque por ano, cerca de 1.200 profissionais são formados no mercado. Já na PM existem cerca de cinco mil homens e mulheres.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Vigilantes, André Lima, o número de seguranças clandestinos também é grande. “O custo de um vigilante profissional é alto e as vezes o cliente acaba contratando um clandestino e inexperiente”, disse.

A Ordem dos Advogados do Brasil garante que o déficit de homens na segurança pública é enorme no estado. “A OAB fez um estudo no ano passado sobre as condições e número de pessoal na segurança pública, foi alarmante”, revelou Lúcio Tadeu, presidente da Comissão de Segurança da ordem.

A Polícia Militar reconhece a deficiência. “Nós nunca teremos o quantitativo ideal, sempre teremos dificuldades nos recursos humanos, mas é preciso que os gestores tenham a capacidade de gerir bem e crias situações de otimização”, afirmou o major Adriano de Lucena.

Você pode deixar uma resposta, ou Rastrear a partir de seu próprio site.

Deixe uma resposta

Google+
Powered by WordPress | Designed by: Premium Themes. | Thanks to Juicers, Free WP Themes and
Shares
http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/fb.png http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/INT.png http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/sch-2.png http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/tw.png http://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/you.png