Connie Culp - mulher que recebeu o transplante de rosto
Uma americana de 46 anos que levou um tiro do marido em 2004 teve o rosto reconstituído após receber a doação de uma mulher morta. Foi o primeiro caso do tipo nos Estados Unidos. Connie Culp foi vítima da agressão do marido há cinco anos. Ele acabou sendo condenado a sete anos de prisão. Nessa terça-feira (5), Connie deu uma entrevista coletiva para falar sobre a cirurgia e a felicidade após ter o rosto deformado que a impossibilitou, inclusive, de se alimentar como gostaria. "Aqui estou eu, cinco anos depois. Ele fez o que disse que ia fazer", afirmou ela, rindo, se referindo ao cirurgião plástico Risal Djohan. Em janeiro último, ela pôde voltar a comer pizza, frango e hambúrguer após cinco anos. Connie Culp - mulher que recebeu o transplante de rosto 150-195Sua intenção agora é defender outras pessoas que tiveram o mesmo problema. "Quando ver alguém com o rosto desfigurado, não julgue essa pessoa, porque você nunca sabe o que aconteceu com ela", afirmou ela durante uma entrevista coletiva para a imprensa dada na clínica em Cleveland, no estado de Ohio. Ela recebeu alta no último 5 de fevereiro e desde então volta para ser reavaliada. No total, ela passou por 30 cirurgias até que a equipe médica obtivesse êxito. Não foram dadas informações sobre a pessoa que doou os órgãos para Connie. Na mesma clínica também está a mulher que foi agredida por um chimpanzé nos Estados Unidos. Charla Nash perdeu as mãos, o nariz, lábios e pálpebras. Segundo os médicos, ela sofreu danos cerebrais.

    2 replies to "Mulher recebe transplante de rosto pela primeira vez nos EUA"

Leave a Reply

Your email address will not be published.