“Olho por olho, dente por dente”, a passagem bíblica do livro de Levítico, de acordo com informações de moradores da Glória, se adequaria ao assassinato de um vigilante, no momento que trabalhava em uma loja de embalagens do bairro, no município de Vila Velha, na noite de quarta-feira. Segundo a aposentada Osvaldina Drago, moradora local, o segurança Ronaldo Adriano Vieira, de 28 anos, poderia ter sido apagado por pessoas que ele mesmo teria prendido há duas semanas, que após serem libertadas, teriam voltado para se vingar. “Vária pessoas comentaram que duas semanas atrás ele prendeu umas pessoas ali. Disseram que foi solto, vieram e fizeram. Mas agora, não sei como, não estava aqui, não vi”, informou a aposentada.
Foto: Reprodução TV Vitória
Outros moradores, que não quiseram ter a identidade revelada, confirmaram a história de que o segurança havia impedido um assalto que ocorria próximo à loja e que um dos bandidos teria sido imobilizado por Ronaldo, até a chegada da polícia, quando foi preso. O segurança estava sentado em uma cadeira, em frente à loja, quando dois homens chegaram em uma bicicleta e efetuaram o disparo contra o peito de Ronaldo. Para a polícia, as imagens da câmera de segurança podem auxiliar nas investigações. “Serão pedidas estas imagens e, segundo informações colhidas no local, ela só não será enviada hoje ao Ciodes, devido o proprietário da loja encontrar-se em São Paulo”, informou o cabo Edson, da Polícia Militar.

Leave a Reply

Your email address will not be published.