Os vigilantes brasileiros, profissionais em segurança privada, estarão realizando nos dias 18 e 19 de agosto deste mês, em Brasília, a 2a MARCHA NACIONAL DOS VIGILANTES. A luta se da para a conquista do porcentual de periculosidade de 30 % . Esperamos que seja um momento de reflexões acerca do Brasil, das dificuldades e perspectivas dos trabalhadores, em especial dos mais de 1 milhão e 700 mil vigilantes e as contribuições desta categoria para a vida, a cidadania, por emprego, respeito, dignidade e por um país mais justo. No dia-a-dia, nós, vigilantes brasileiros, enfrentamos seja enquanto profissionais ou seja como cidadãos, a realidade da violência social no cumprimento do dever de defender vidas e patrimônios, pagando, muitas das vezes, com a sua própria vida. Os lucros e benefícios que a prestação de serviço, especialmente na segurança privada, propicia a alguns poucos são visíveis nos “castelos” e outros sinais explícitos, compreensíveis pela extrema desproporção entre o que cobra uma empresa de segurança por um vigilante e o que paga a este trabalhador, em média, quatro ou cinco vezes menos é o que recebe um profissional de segurança privada. Enquanto isto o trabalhador ainda luta por direitos básicos, elementares, a exemplos: uma aposentadoria especial e o pagamento de um adicional pela atividade periculosa ou de risco, tal qual o Congresso brasileiro propiciou mais recentemente aos trabalhadores carteiros e bombeiros civis. Na Câmara dos Deputados tramita o PL 4436/2008 da Senadora Serys Slhessarenko e o PL 1033/2003, da Deputada Vanessa Grazziotin, que se aprovados pelos Senhores e Senhoras parlamentares, instituirão o adicional de periculosidade para os vigilantes. De igual forma, tramita no Senado o PL nº 387/2008 do Senador Paulo Paim instituindo o direito a aposentadoria Especial para os Vigilantes, mas sabemos que para que estes Projetos sejam aprovados faz-se necessária a nossa mobilização. - A Marcha terá a sua concentração em frente ao Ministério da Saúde, a partir das 07h00min, lá teremos uma tenda de apoio aos participantes; . Os e-mails da CNTV são: cntv@terra.com.br ou cntv@vigilantecntv.org.br. A agenda de audiências e atividades para estes dias ainda não está fechada, mas assim que estiver, estaremos divulgando a todos. Contamos com vocês!!!

    4 replies to "MARCHA NACIONAL DOS VIGILANTES, 30% Adicional de risco de vida."

    • David

      ta na hora de um aumento justo para a categoria de vigilantes sem mais.

    • claudio soares

      quando é que teremos alguma certeza acerca da aprovção da periculosidade da classe já documentada?e outra so falta realmente o presidente assinar para começar a valer a lei?

    • lyra

      pó nós temos que brigar por 30% que já é de direito do trabalhador é politicos vem ai eleições nós vamos lembrar de vcs tá :xau: :xau: :xau: :xau: :xau: :xau:

    • vivian

      É melhor todo mundo voltar pra escola , pois ninguém valoriza a categoria mesmo

Leave a Reply

Your email address will not be published.