Codigo “Q” e Codigo Fonético.

.:: Código Q ::.

Q.A.P ::: na escuta Q.A.R ::: desligar Q.R.N ::: interferência Q.R.A ::: nome do operador Q.R.L ::: estou ocupado Q.R.M ::: interferência humana Q.R.Q ::: transmita mais depressa Q.R.S ::: transmita mais devagar Q.R.T ::: fora do ar Q.R.U ::: tens algo para mim Q.R.V ::: as suas ordens Q.R.X ::: aguarde Q.R.Z ::: fale quem chamou Q.S.A ::: como está recebendo Q.S.L ::: entendido

(mais…)

Vigilantes voltam ao trabalho na Grande Vitória

03/09/2009 - 11h22 ( - gazeta online)

foto: Carlos Alberto Silva - GZ
Data: 18/08/2009 - ES - Vitória - Vigilantes durante protesto na agência do HSBC de Goiabeiras - Editoria: Cidades - Foto: Carlos Alberto Silva - GZ
Greve de vigilantes afetou funcionamento dos bancos na Grande Vitória
Os quase sete mil vigilantes que trabalham para empresas de segurança privada na Grande Vitória voltaram ao trabalho nesta quinta-feira (03). A greve da categoria, que durou 18 dias, prejudicou o atendimento bancário em várias agências da Região Metropolitana, onde o movimento ficou concentrado. Segundo o presidente do sindicato da categoria, Roberto Portugal, os vigilantes voltaram ao trabalho normalmente. O advogado do sindicato, Eliomar de Freitas, explicou que parte das determinações do Tribunal Superior do Trabalho (TST) foram cumpridas. De acordo com a decisão do tribunal, os patrões devem pagar o que ficou acordado com o Sindivigilantes, em junho deste ano. (mais…)

Justiça suspende convenção e vigilantes negociam o fim da greve na GV

A greve dos vigilantes na Grande Vitória está próxima de um fim. A Justiça do Trabalho acatou, na noite desta segunda-feira (31), uma ação do Ministério Público do Trabalho (MPT) pedindo a suspensão de uma cláusula da convenção coletiva da categoria que desagradava os trabalhadores. A decisão foi tomada em caráter de tutela antecipada, fazendo com que os efeitos da cláusula fiquem suspensos até o julgamento final do processo, que pode demorar de oito meses a um ano. Agora, o Sindicato dos Vigilantes da Grande Vitória (Sindseg) negocia o fim da greve. "Nós temos o intuito de acabar com a greve, mas temos que negociar alguns pontos antes. Queremos o pagamento dos dias parados dessa greve e da greve de janeiro. Então, dependemos de uma audiência com o Ministério Público e com a Justiça par que possamos definir essas questões", explicou o presidente da entidade, José Alvarenga. (mais…)