O funcionário de uma empresa de segurança foi preso, no fim de semana em Curitiba, acusado de fornecer informações para assaltantes. Ele e um rapaz de 20 anos, que praticava os roubos, foram apresentados nesta quarta-feira (20) na Delegacia de Furtos e Roubos. Um adolescente, suspeito de envolvimento, foi apreendido e outro ainda está sendo procurado pela polícia. Rodrigo Lopes de Barros Rodrigues, 30 anos, era vigilante de uma empresa que prestava serviço para a rede de farmácias. De acordo com as investigações da delegacia, Rodrigues indicava quais os locais deveriam ser atacados e dava cobertura com o seu Omega azul. O vigilante também emprestava a arma que era usada por Welington Adão, 20 anos, para a realização dos assaltos. O grupo agia desde novembro do ano passado e é suspeito de 17 assaltos a lojas de uma mesma rede de farmácias. Policiais da Delegacia de Furtos e Roubos, com o apoio de policiais militares do serviço reservado do Comando do Policiamento da Capital, prenderam suspeitos de 17 assaltos a uma rede de farmácias, em Curitiba. Eles agiam desde novembro do ano passado. Segundo a polícia, Rodrigo Lopes de Barros Rodrigues, 30 anos, vigilante de uma empresa de segurança, que prestava serviço para a rede de farmácias, passava informações e fornecia uma arma para Welington Adão, 20. O rapaz, com dois adolescentes, faziam os assaltos. De acordo com as investigações, Rodrigues depois de indicar quais os locais que deveriam ser atacados, dava cobertura com o seu Omega azul. Ele e Adão foram presos no fim de semana e indiciados por roubo. Um garoto foi apreendido e encaminhado para a Delegacia do Adolescente e outro está foragido. Para o delegado-chefe da DFR, Luiz Carlos Oliveira, as prisões são o resultado do trabalho integrado entre as polícias. “Com o apoio da PM conseguimos desmantelar o esquema dessa quadrilha. Vamos continuar com o trabalho integrado para acabar com esse tipo de crime na cidade” explicou o delegado.

    2 replies to "Preso vigilante que ajudava bandidos a assaltar farmácias"

    • dantas

      É assim mesmo cana nele,este é um traira que tem que ser preso,pago pra fazer segurança inibir a ação criminosa neste caso ele estava conpactuando com os criminosos, deve pegar bastante anos de cana. sem piedade nos vigilantes não podemos aceitar isso na nossa profissão.

    • Amós

      É por causa de um cidadao como esse aí é que nós pagamos pela falta de confiança por parte de alguns.

      se tem uma coisa que eu odeio é o traidor

Leave a Reply

Your email address will not be published.