PM esmurra vigilante do Campestre Clube (Paraiba)

PM esmurra vigilante do Campestre Clube Mostrando total abuso de autoridade, o Policial Militar, Raimundo Gonçalves André, casado, agrediu com dois murros no rosto, o vigilante do Campestre Clube de Cajazeiras, José Sousa Cartaxo, na tarde de ontem, no interior do estabelecimento. Segundo relato do vigilante à PM, o filho do policial estava correndo em cima do toboágua da área de lazer, desta forma pondo em risco sua vida e de outras pessoas que estavam no local. (mais…)

Vigilante sai ferido ao evitar um assalto na Usina Santo Antônio (Alagoas)

Uma tentativa de assalto à Usina Santo Antônio, no município de São Luiz do Quitunde, acabou com um dos vigilantes ferido à bala, no peito. O caso aconteceu na madrugada desta sexta-feira, quando quatro homens armados, conduzindo um carro preto, chegaram ao local com a intenção de invasão ao escritório da usina. No confronto, saiu ferido Luciano Guilhermino da Silva, um dos vigilantes que enfrentaram o assaltante. Ele foi socorrido em uma ambulância da prefeitura daquela cidade que o trouxe até Maceió. As infromações fornecidas pelo Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciods) é que ele se encontra internado na Santa Casa de Misericórdia de Maceió. (mais…)

Vigilante morre ao reagir a assalto na Boca do Rio

O vigilante Nelson Nunes Reis, de 34 anos, foi morto após uma troca de tiros com assaltantes, por volta das 14h30 desta quarta-feira, 24, no bairro da Boca do Rio, segundo informações da 9ª Delegacia de Polícia. Ele trabalhava na agência do Banco do Brasil (BB) localizada no Multi Shopping, quando percebeu a ação dos criminosos e reagiu ao assalto. Depois de ser atingido no tórax, o segurança foi socorrido pelo gerente da agência e encaminhado ao Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), mas chegou a unidade hospitalar sem vida. Três bandidos participaram do assalto, mas a polícia ainda não sabe se foi levado alguma quantia em dinheiro da instituição bancária. (mais…)

Vigilante da Fundação Casa é espancada por menores

São Paulo Dois menores agrediram a vigilante com socos e pontapés quando ela ia para o trabalho
Uma vigilante da Fundação Casa foi espancada por dois menores aparentando 17 anos, neste domingo à tarde, no bairro Parque Ribeirão, em Ribirão Preto. De acordo com informações do boletim de ocorrência registrado nesta segunda-feira à noite, Liciana da Silva Pasquim, 34 anos, seguia para o trabalho quando os menores passaram por ela, a reconheceram e começaram a agredí-la com socos e pontapés. Há suspeitas de que os agressores sejam ex-internos. Um carro parou para prestar socorro e os adolescentes fugiram. Luciana sofreu ferimentos na cabeça e sangramento do nariz. Ela foi medicada na própria Fundação Casa, que fica próxima ao bairro. A polícia ainda não tem pistas dos suspeitos.

Fim da greve no Ceará

Neste fim de semana, o Sindicato dos Vigilantes do Ceará e o Sindicato dos Empregados em Transporte de Valores do Estado encerraram a greve iniciada no último dia 11. A categoria aceitou a proposta oferecida pelo Sindicato das Empresas de Segurança Privada. O reajuste foi de 6% para o salário, 9,4% para o vale alimentação e 6% de adicional de periculosidade dividido em dois anos. > TÁXIS. Prefeitura de Fortaleza começou vistoria dos veículos de táxi que se propuseram, em concorrência pública, a serem reconhecidos como acessíveis. Os motoristas também participam, a partir de amanhã, de curso sobre transporte de pessoas com deficiência e/ou mobilidade reduzida (mais…)

Em 2 horas, SP registra 3 tiroteios em bancos

Em menos de duas horas, três tiroteios próximos a agências bancárias de São Paulo levaram terror ontem aos bairros do Brooklin e Saúde, zona sul, e Ermelino Matarazzo, zona leste. Neste último, um pedestre morreu após ser atingido por bala perdida (leia abaixo). Em outra ocorrência, um assaltante baleado entrou no metrô para pedir socorro. O primeiro assalto aconteceu por volta de meio-dia, na Avenida Jabaquara, 2.010. Três criminosos vestindo terno e gravata tentaram invadir um Unibanco. A agência estava cheia. Os vigilantes reagiram e houve intenso tiroteio. Um cliente foi feito refém e liberado em seguida. Dois suspeitos fugiram. (mais…)

Vigilante liberta refém e se entrega à polícia no RS

Ele manteve ex-mulher presa dentro de casa desde sábado. Ninguém saiu ferido, informa a Polícia Militar.

O vigilante Rodrigo Luz, 32, que mantinha a ex-mulher refém em Canoas (RS) se entregou à polícia na noite desta segunda-feira (15). Segundo o sargento da PM Luís da Silva, que acompanhou operação, ninguém saiu ferido. Ele informa que as duas pessoas foram encaminhadas a um hospital e o vigilante, depois de examinado, será levado à delegacia. Rodrigo invadiu a casa na noite de sexta-feira (12). A Brigada Militar foi chamada no início da manhã de sábado (13). Os negociadores usaram um telefone para conversar com o vigilante. (mais…)

Queremos Respeito (Vigilante QAP)

bannervtqap1 Nunca me manifestei em relação a sindicato, mas hoje eu fiquei chateado, fui me desfiliar pq não concordei com o desconto e o Portugal disse que quem se desfiliar não vai receber o retroativo, ele quase me convenceu a continuar filiado, mas debaixo de ameaça não deu pedi a folha e na folha escrito que eu concordava em abrir mão do retroativo, senti repreendido naquele momento traído e ameaçado, ou seja se tiram de mim o direito do meu retroativo logo esse dinheiro fica para os patrões, não é com repreensão que se faz um sindicato, deixo aqui minha indignação, espero que não mexam no meu retroativo esses descontos todos foi um tiro no escuro quando eu vi seriedade no sindicato fui ao sindicato e me filiei por livre e espontânea vontade, agora o contrario tbm precisa ser respeitado. No documento abaixo o sindicato exige que você abre mão do seu retroativo ou seja se você abre mão fica pra quem o seu dinheiro?Pros patrões? para o sindicato? Ou aceita ser filiado ou não recebe! Por esse motivo me desfiliei, acho que devemos ser filiados na verdade o nome correto é "contribuintes" por que filiados todos somos pois pagamos anualmente uma taxa sindical, para ser contribuinte com o sindicato acho que tem que ser sem pressão, sem exigência, por reconhecimento, foi isso que me fez ir até o sindiseg me filiar por que eu vi seriedade nessa diretoria mas quando vi os descontos e o plano odontológico e desconto medico de uma clinica que não é nem plano de saúde desanimei e me desfiliei, que incentivo o sindicato vai ter para nos arrumar um plano de saúde decente se eles lucram com a falta do mesmo??? Pra mi filiar novamente terei que ser convencido por competência e seriedade da diretoria, não por ameaças e pressão, até la então estou desfiliado. Ta ai para comprovarem, um termo onde você abre mão do seu retroativo direito seu por que você não é mais contribuinte! Força Sindical né... desfiliacaotmb (mais…)