Vítima era presbítero de igreja e não tinha envolvimento com drogas. Polícia Civil suspeita de latrocínio, que é roubo seguido de morte. Um vigilante foi assassinado na noite de quarta-feira (21), na comunidade Bola na Rede, no bairro da Guabiraba, Zona Norte do Recife. De acordo com a polícia, o crime ocorreu dentro do prédio do Clube do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Federais em Saúde e Previdência Social no Estado de Pernambuco (Sindsprev-PE). A suspeita é de latrocínio (roubo seguido de morte). Segundo os peritos do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o vigilante foi assassinado a tiros por volta das 21h30. A delegada Morgana Alves, à frente do caso, contou que testemunhas viram um homem estacionando um carro branco em frente ao clube do sindicato. O suspeito teria entrado nas dependências do local, rendido o vigilante, o assaltado e, por fim, efetuado os disparos. Ainda conforme a polícia, no horário em que aconteceu o crime, normalmente os funcionários vão ao local jogar futebol. Entretanto, na quarta, só estavam a vítima e outra funcionária do setor administrativo, que ouviu os tiros. "Contaram que as portas do clube normalmente ficam abertas no dia de ontem, pois havia um jogo de futebol. Então, o assassino teve facilidade para entrar no local", relatou a delgada Morgana Alves. O vigilante foi assassinado dentro da guarita. De acordo com a delegada, não foram encontradas nem a arma - um revólver calibre 38 - nem a carteira da vítima, por isso a possibilidade de latrocínio. Ele também era presbítero de uma igreja evangélica e não tinha envolvimento com drogas.

Leave a Reply

Your email address will not be published.