Quadrilha libera família de vigilante após tentativa de roubo a carro-forte

Vigilante, mulher e 3 filhos foram feitos reféns na noite de segunda-feira. Criminosos esperavam por entrega de malotes em rodovia de Campinas. Uma tentativa de roubo a carro-forte, em Campinas (SP), foi interceptada pela Polícia Civil na manhã desta terça-feira (16). Segundo a Delegacia de Investigações Gerais (DIG), um vigilante da empresa Prosegur e a família dele foram feitos reféns em uma casa no Parque Jambeiro durante pelo menos dez horas, mas a quadrilha desistiu do crime. Nenhum valor foi levado e também não houve feridos. A DIG informou que o vigilante, a mulher e os três filhos dele foram abordados na residência pelos criminosos por volta das 23h de segunda-feira (15). Segundo a Polícia Civil, a quadrilha obrigou o funcionário a trabalhar normalmente durante o período da manhã, após combinarem a entrega de valores em um local pré-definido de uma rodovia de Campinas (SP). A polícia não soube informar o ponto exato. Como o carro-forte não passou pelo local no horário combinado, o grupo desistiu do roubo e fugiu do local. Nenhum dos suspeitos foi localizado até esta reportagem ser publicada. O vigilante e a mulher devem ser ouvidos durante a tarde na delegacia. A polícia também apura o envolvimento da quadrilha com outros roubos a carros-fortes registrados nas outras cidades da Região Metropolitana (RMC). Por meio de nota, a Prosegur confirmou o sequestro e disse "está oferecendo toda a assistência necessária" ao funcionário e os familiares dele. A empresa afirmou ainda que está à disposição da polícia para ajudar nas investigações.

Deixe uma resposta