Número de Vigilantes foi apresentado em reunião do COL/Fifa com forças de segurança. Os chamados 'stewards' devem começar a ser treinados em dezembro. A segurança interna da Arena da Baixada, em Curitiba, durante a Copa do Mundo em 2014, deve contar com três mil agentes privados. O número foi informado pelo gerente-geral de Segurança do Comitê Organizador Local (COL/Fifa), Hilário Mendes, em reunião na sede do Governo Estadual, quinta-feira (7). A reunião contou ainda com a participação de forças de segurança pública e defesa nacional. Entre os assuntos discutidos estiveram o início do treinamento dos seguranças, chamados de “stewards”, que deve começar no mês de dezembro. De acordo com a Fifa, os stewards deve atuar dentro de um conceito de segurança sem confronto, agindo como organizadores dentro dos estádios. “É importante fixar as dimensões e posicionamento nas instalações que serão ocupadas pelas equipes de segurança pública nos estádios, e aplicação de novo modelo de segurança privada nos estádios de futebol”, afirmou Mendes. Outros assuntos discutidos foram a definição dos acessos a setores VIP e VVIP e tribuna de honra, além do credenciamento veicular e o reconhecimento de percurso no estádio e entorno. De acordo com coordenador-geral da Copa no Paraná, Mario Celso Cunha. “Em Curitiba, as medidas de segurança e planejamento operacional já estão sendo desenvolvidas, e a partir de 22 de maio até 3 de junho serão aplicados todos os protocolos, testes e avaliações dentro do estádio da Arena”, informou.

Leave a Reply

Your email address will not be published.