Vigilantes prometem greve durante a Copa, caso acordo não aconteça

Os vigilantes de estabelecimentos comerciais e agências bancárias do Rio de Janeiro realizam uma nova passeata no Centro do Rio, na tarde desta quarta-feira, e prometem continuar a paralisação durante a Copa do Mundo. A classe reivindica 10% de reajuste salarial, aumento do ticket refeição de R$ 10 para R$ 20, manutenção do seguro do risco de vida, diária para vigilantes de eventos no valor de R$ 180, e carga horária de 44 semanais, como consta na CLT. O encontro na Candelária acontece desde o dia 24 de abril e, de acordo com Antônio Carlos de Oliveira, membro do Sindicato dos Vigilantes do Município do Rio de Janeiro, a ação só vai parar quando as reivindicações forem atendidas. - Greve dos vigilantes: 80% dos bancos do Rio estão fechados, dizem sindicalistas Ele conversou com o SRZD durante a manifestação e disse que mais da metade das agências bancárias de todo o estado do Rio pararam de funcionar devido a ausência dos vigilantes. De acordo com a lei, os estabelecimentos não podem funcionar sem a presença deles. Segundo Antônio, os vigilantes partem do Centro e percorrem agências pelo Rio para alertar e "recolher" vigilantes que ainda estejam insistindo em trabalhar nas condições atuais. "O vigilante que trabalha no Maracanã durante o Brasileirão não tem carteira assinada nem garantias trabalhistas e recebe R$ 80 por 12 horas de trabalho, sendo que ainda precisa pagar transporte e alimentação. Ou seja, o trabalhador acaba voltando com R$ 50 para casa", contou, revoltado com a situação da classe. Manifestação vigilantes. Foto: Leitor SRZDSegundo o vigilante, a empresa que contrata a equipe durante os jogos do Brasileirão para a segurança no Maracanã será a mesma da Copa. No campeonato mundial, a empresa pretende contratar 1.600 vigilantes para trabalhar durante os jogos. Antônio ainda fez questão de ressaltar os gastos que o governo tem com grandes eventos, deixando de pensar nos direitos dos trabalhadores, e destacou que as manifestações vão continuar até a Copa. "O governo gasta bilhões com a Copa e comete essa atrocidade contra o trabalhador. Se não chegarmos a um acordo, não vamos aceitar que a situação continue como está. Vamos paralisar o serviço na Copa", revelou.
Você pode deixar uma resposta, ou Rastrear a partir de seu próprio site.

Deixe uma resposta

Google+
Powered by WordPress | Designed by: Premium Themes. | Thanks to Juicers, Free WP Themes and
Shares

“Ebook Grátis 20 Dicas para ser um Vigilante de Sucesso + Dica incrível de como conseguir sua vaga de EMPREGO.”

Baixe o seu agora
Esse Ebook vai te ajudar a:

  • Desempenhar melhor sua função.
  • Ser mais respeitado como profissional.
  • Conseguir uma possível promoção.
  • Conseguir uma vaga de emprego.
%d blogueiros gostam disto:
https://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/fb.png https://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/INT.png https://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/sch-2.png https://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/tw.png https://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/you.png