Um dia depois do assassinato de um vigilante na entrada do conjunto José Tenório de Albuquerque Lins, no bairro da Serraria, em Maceió, a Polícia Civil de Alagoas (PC/AL) já desvendou quem o executou à queima-roupa. Luís José Almeida Ramos Júnior, um policial lotado na Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic), foi apontado como autor dos disparos. Ele perseguiu Ednaldo Siqueira dos Santos, de 33 anos, que estava de moto, chegando até o sinal que dá acesso à Avenida Menino Marcelo, a Via Expressa (leia mais aqui). No 'vermelho', o agente da Deic aproveitou para descer de seu veículo Volkswagen Fox preto, de placa OHC-5712/AL, e deflagrar os diversos tiros no início da tarde desta quarta (24). O local estava movimentado e o acusado fugiu pela contramão, em uma rápida embreada. Mesmo assim, as câmeras de videomonitoramento da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) 'pegaram' o ato e o policial pôde ser identificado. O delegado-geral da PC, Paulo Cerqueira, informou ainda que Luís José Almeida Ramos Júnior já foi afastado da Deic e determinou instauração de procedimento na corregedoria da polícia, que também vai apurar o caso. Fonte:http://www.tribunahoje.com

Leave a Reply

Your email address will not be published.