Segundo a polícia, crime ocorreu em São Joaquim de Bicas.

Corporação informou que cofre de empresa foi levado.

Um homem de 50 anos foi encontrado morto na noite deste domingo (7) com as mãos e os pés amarrados em São Joaquim de Bicas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima era vigilante de uma empresa. Ainda segundo a corporação, o cofre que estava no local foi levado pelos criminosos. O coordenador do vigilante contou aos militares que o homem trabalhava desarmado. O coordenador também informou, conforme a PM, que o local possui sistema de segurança, mas as câmeras estão desativadas há uma semana por problemas técnicos. Até o início da manhã desta segunda-feira (8), nenhum suspeito havia sido preso. Ainda conforme a PM, o outro vigilante que renderia a vítima chegou à empresa por volta de 17h50 e não encontrou o colega. Ele percebeu ainda que o cofre que ficava na guarita havia sido roubado e acionou a polícia e também o coordenador de segurança da empresa. Ao chegar ao local, os militares iniciaram um rastreamento pelas dependências da empresa e encontraram  corpo de Joaquim Borges do Carmo, de 50 anos, atrás da guarita. A vítima já estava morta e tinha sinais de perfurações provocadas por tiros. Conforme o coordenador da empresa, Joaquim trabalhava desarmado, mas havia uma arma que ficava guardada no cofre para o vigilante da noite. Ele disse ainda que a empresa possui um circuito interno de segurança, mas que as câmeras haviam sido desligadas há aproximadamente uma semana devido a problemas técnicos. O corpo do vigia foi removido ao IML (Instituto Médico-Legal) e a ocorrência foi registrada na Delegacia de Polícia Civil de Betim. Até o momento, a polícia não tem nenhuma pista dos suspeitos do crime e o caso será investigado.

Leave a Reply

Your email address will not be published.