Casal acusado de matar vigilante vai pra juri popular

Savana Nathalia e Raimundo Nonato são os acusados de matar vigilante.

O casal Savana Nathalia Barbosa Cruz e Raimundo Nonato Ferreira dos Santos, acusados de matar o vigilante Joelson Souza em um quarto de motel em Ananindeua, na região Metropolitana de Belém, em 2011, serão julgados novamente, desta vez em juri popular. De acordo com informações do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA). A decisão foi publicada no dia 23 de setembro pela 6ª Vara Penal de Ananindeua. A data do julgamento ainda não foi definida. Savana e Raimundo já haviam sido condenados em 2011 a 27 anos de reclusão, pelo crime de latrocínio, mas a sentença da juíza Andréa Lopes Miralha, da 5ª Vara Penal da Comarca de Ananindeua, foi anulada após a mudança na classificação do crime para homicídio, em janeiro de 2014. Com a mudança de classificação, o processo passou a ser considerado um crime contra a vida, que é julgado em júri popular, oficializado nesta semana. Após a mudança de classificação, o processo foi repassado para  a Comarca de Ananindeua, onde foram realizadas novas audiências de instrução. Segundo o TJPA, o material já coletado antes, como depoimento de testemunas, foi aproveitado neste novo levantamento processual. De acordo com os autos, cada um dos acusados responsabiliza o outro pela prática do crime. Eles devem ser julgados por homicídio qualificado por motivo torpe, por meio cruel e sem chance de defesa da vítima.

Entenda o caso

O vigilante Joelson Souza foi assassinado no dia 10 de julho de 2011. De acordo com as investigações, os acusados hospedaram-se em um motel em apartamentos distintos e Savana atraiu a vítima até o local. Quando Joelson chegou, a mulher avisou o amante, que entrou e esfaqueou a vítima. Joelson foi decapitado e esquartejado, as falanges dos dedos cortados e despejadas no vaso sanitário. As demais partes do corpo foram dividas em sacolas de supermercado e despejadas em locais distintos para dificultar a descoberta do crime. Depois, os denunciados teriam se dirigido ao terminal rodoviário de Belém e, de lá, Raimundo Nonato teria se dirigido à casa da vítima para subtrair os bens que restavam, enquanto a Savana sacava dinheiro da conta bancária da vítima. Os dois foram descobertos, presos e apresentado pela Polícia Civil do Pará no dia 11 de agosto de 2011.   Fonte: http://g1.globo.com/
Você pode deixar uma resposta, ou Rastrear a partir de seu próprio site.

Deixe uma resposta

Google+
Powered by WordPress | Designed by: Premium Themes. | Thanks to Juicers, Free WP Themes and
Shares

“Ebook Grátis 20 Dicas para ser um Vigilante de Sucesso + Dica incrível de como conseguir sua vaga de EMPREGO.”

Baixe o seu agora
Esse Ebook vai te ajudar a:

  • Desempenhar melhor sua função.
  • Ser mais respeitado como profissional.
  • Conseguir uma possível promoção.
  • Conseguir uma vaga de emprego.
%d blogueiros gostam disto:
https://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/fb.png https://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/INT.png https://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/sch-2.png https://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/tw.png https://vigilanteqap.com.br/loja2/wp-content/uploads/2016/07/you.png