Segurança privada lucra R$ 400 milhões ao ano

Entre mão-de-obra particular e suporte eletrônico, o Brasil investe hoje cerca de R$ 5 bilhões em segurança privada por ano. São duas mil empresas que empregam cerca de 470 mil vigilantes. No Pará esse investimento chega a R$ 400 milhões anuais, arrecadados por 29 empresas regulares e que empregam 14 mil vigilantes. A perspectiva é que essa arrecadação seja bem maior, já que nessa conta não entram as empresas que prestam esse tipo de serviço, mas são consideradas clandestinas por não serem autorizadas a prestar segurança privada pela Polícia Federal. (mais…)